enquanto os anéis de Saturno se chocam e Marte dança tango no teto da órbita, eu, aqui na Terra, te observo de um jeito analítico, de piscadelas em piscadelas, que é para você não perceber que, de instantes em instantes, meu olhar apaixonado perscruta o teu desinteressado.

(Fonte: tarimbado, via oxigenio-dapalavra)